Mai 25

“Motivação Após Escola”

No passado dia 21 de maio decorreu, no auditório da escola sede, a sessão “Motivação Após Escola”. A sessão foi organizada pela turma do 2.º ano do Cuso Profissional de Informática – Sistemas. Foi dinamizada pelo Eng. Francisco Tenente, da empresa 3DWays. Trata-se de uma startup no âmbito da impressão 3D, já com créditos firmados no mercado atual.

Por ser um jovem empreendedor, o Eng. Franscico Tenente veio falar aos nossos jovens sobre o que é ser empreendedor, como atingir os nossos objetivos e retirar o melhor de nós próprios no mundo atual.

A sessão foi bastante participada e apreciada pelos alunos dos cursos profissionais.

3DWays

Picture 1 of 2

Mai 25

“O Cantinho do Estudo”

Uma sala diferente, uma aula de partilha, onde tiramos dúvidas, fazemos exercícios, fazemos revisão da matéria, realizamos trabalhos de casa e estudamos para os testes. 

Uma aula também com momentos lúdicos, onde brincamos e aprendemos.

Sabemos o que precisamos e com quem contamos: ALUNOS e PROFESSORES – o segredo do NOSSO SUCESSO!!!”

Sala-de-estudo-1

Picture 1 of 3

Mai 23

O Voleibol Feminino da Escola Básica e Secundária de Gama Barros está de Parabéns

As atletas de voleibol feminino do escalão de Infantis B marcaram presença na “Final a 4”, no passado dia 18 de maio de 2019. Conseguiram um magnífico 1.º Lugar no Campeonato Concelhio de Desporto Escolar desta modalidade.

Parabéns às nossas grandes atletas por todo o esforço e dedicação: Mariana Cardoso, 6.º 2.ª, Matilde Gomes, 6.º 2.ª, Luana Violante, 5.º 2.ª, Vanessa Franco, 7.º 1.ª, Patrícia Miclea, 7. º 6.ª, Madalena Freitas, 7.º 2.ª, Iara Lopes, 6.º 1.ª, Sofia Pereira, 5.º 2.ª, Winnie Gomes, 5.º 2.ª, Matilde Moreira, 5.º 2.ª, Alícia Pinheiro, 5.º 2.ª, Lara Bruno, 5.º 2.ª, Maria Fernanda, 5.º 2.ª e Jacinta Pardal do 5.º 3.ª.

Volei-Feminino

Picture 1 of 1

Mai 22

Matrículas 2019-2020

As informações sobre as matrículas para o ano letivo 2019/2020 podem ser consultadas aqui

Mai 21

A EB Ribeiro de Carvalho desenvolve o Projeto “Gerações distantes, conhecimentos entusiasmantes”

Com a dinamização deste projeto pretendemos:

 – Desenvolver uma política ativa de inclusão intergeracional.

– Valorizar o património humano do Cacém, promovendo uma cultura de cidadania.

 – Mudar o conceito que a nossa sociedade tem sobre o mais velho. A velhice não é só uma fase de perdas e de declínios, mas uma fase única que possui peculiaridades que definem a trajetória de vida de uma pessoa.

 – Valorizar a troca de saberes entre gerações, reforçando laços de respeito e promovendo o que de melhor cada geração tem.

 – Promover a colaboração entre a escola e a instituição Arpiac (Associação de reformados, pensionistas e idosos de Agualva- Cacém).

O projeto valoriza os conhecimentos de todos, onde todos aprendem com todos! Com este projeto elaborámos um pequeno filme e concorremos ao Concurso Design for Change 2019.

Veja o nosso filme aqui

Mai 21

“Jogo do consumidor”

No dia 8 de janeiro, as crianças do jardim-de-infância de Vale Mourão participaram na atividade “Jogo do Consumidor”, dinamizada por um técnico do Serviço Municipal de Informação ao Consumidor, da Câmara Municipal de Sintra.

Esta atividade didática, realizada em contexto escolar, teve uma forte componente no domínio da informação e da prevenção, promovendo nas crianças comportamentos cívicos, solidários e responsáveis, relativamente a temas do consumo, poupança, meio ambiente e saúde.

O jogo apresentado em formato gigante, aplicando as regras do Jogo da Glória, procurou, de forma lúdica, sensibilizar as crianças para a necessidade de preservarem o meio ambiente, alertar para os perigos dos acidentes domésticos, os malefícios do tabaco, a importância de uma alimentação equilibrada e de uma boa higiene oral, entre outros.

Mai 21

Padrinhos e Afilhados

Na reta final de mais um ano letivo fazemos um balanço acerca do projeto “Padrinhos e Afilhados” que abrangeu as turmas do J.I., 1.º, 2.º e 4.º anos. Foi um projeto pensado para todo o ano letivo com resultados francamente surpreendentes e muito positivos.

Aos alunos mais velhos e mais experientes foi atribuída, no início do ano letivo, a missão de orientarem os mais novos numa etapa que, para alguns, se revelou inicialmente complicada – a entrada na escola.

Esta atividade teve como objetivos principais: facilitar a adaptação ao contexto escolar dos novos alunos, promover atitudes de responsabilidade nos mais velhos e desenvolver o espírito de entreajuda e de convívio entre todos, proporcionando a padrinhos e afilhados a oportunidade de crescerem uns com os outros, fortalecendo laços e relações entre todos, estabelecendo-se um vínculo afetivo, consciente e comprometido.

Esta missão de grande responsabilidade implicou alguns deveres:

– Acompanhamento mais atento aos “afilhados”, durante as duas primeiras semanas, no sentido de uma melhor integração destes na escola: esclarecimento de dúvidas, aconselhamento relativamente a situações que fossem ocorrendo, indicando a forma de procedimento em cada uma;

– Aconselhamento e ajuda ao longo do ano letivo, sempre que necessário;

– Proteção dos afilhados em situações problemáticas, promovendo o equilíbrio das relações interpessoais;

– Acompanhar/apoiar/motivar os afilhados, contribuindo para a promoção do seu sucesso escolar.

Ao longo do ano letivo, foram sendo proporcionados momentos de partilha de experiências entre os alunos envolvidos no projeto, com muitas alegrias e muitos afetos, como comprovam as fotografias que captaram momentos únicos de pura magia!

Em jeito de conclusão, e olhando para o percurso efetuado, é com um enorme orgulho que observámos a forma verdadeira como as crianças se entregaram às missões que lhes foram confiadas.

Mai 21

Comemoração do dia da Europa

No passado dia 9 de maio, os alunos da EB n.º1 do Cacém refletiram na temática associada ao dia da Europa, a Paz.

Na sala de aula, realizaram trabalhos e expuseram-nos. Escreveram numa fita branca, cor que simboliza a Paz, palavras relacionadas com o tema, ataram as fitas no portão onde foi colocado um ramo de oliveira que também representa a Paz.

Dia-da-Europa-1

Picture 1 of 3

Mai 21

Dia Internacional da Família

No Dia Internacional da Família, os alunos da EB n.º 1 do Cacém convidaram a família para participar nas atividades programadas para o período da tarde.

As famílias e os alunos participaram alegremente na dança, mostraram as suas habilidades nas dobragens, jogaram futebol com grande entusiasmo e jogaram o jogo dos pinos, onde nem sempre houve uma boa pontaria, mas divertiram-se!

Os alunos sentiram-se orgulhosos por ter a família a participar nas atividades. Foi um momento de partilha e de convívio entre a comunidade educativa.

Dia-Internacional-Familia-1

Picture 1 of 9

Mai 21

Visita de Estudo à Feira Internacional de Lisboa (ARCO)

Os alunos do Curso Cientifico-Humanístico de Artes Visuais, do Agrupamento de Escolas D. Maria II, realizaram uma visita de estudo, na passada sexta-feira, dia 17 de maio, à quarta edição da ARCOlisboa 2019 – Feira Internacional de Arte Contemporânea, instalada no antigo edifício da Cordoaria Nacional.

A visita de estudo foi organizada no âmbito das disciplinas de Desenho A e de Oficina de Artes, com o objetivo de proporcionar aos estudantes novas experiências, através do contacto direto com obras de arte atuais de autores nacionais e estrangeiros, de forma a envolvê-los e a motivá-los para o vasto mundo artístico contemporâneo.

Na base deste evento cultural está o conceito de Arte Contemporânea e a divulgação do que de mais atual se produz no mundo artístico. As melhores Galerias apresentam trabalhos dos artistas mais conceituados no Mercado da Arte. É uma Feira onde é possível sentir que não há lugar a fronteiras, quer na arte, quer na linguagem plástica.

Vários stands marcaram presença sobretudo de Portugal, de Espanha e de Angola e uma área especial dedicada à edição de livros de artistas, dirigida pela Arts Libris.

Entre outras, encontravam-se obras de Helena Almeida, José Loureiro, Rui Chafes, Julião Sarmento, Pedro Tudela, Joana Vasconcelos, Pedro Cabrita Reis, Carlos Bunga, Lia Chaia, Indrikis Gelzis, John Baptist SSeKubulwa, Miler Lagos e um projeto de moradias do arquiteto Eduardo Souto de Moura.

A organização da ARCO, esteve a cargo da IFEMA (Feira de Madrid), da Câmara Municipal de Lisboa e teve o apoio oficial da República Portuguesa, dgARTES, EGEAC, Marinha e Visit Portugal e como mecenas a Fundação EDP.

O edifício da Cordoaria Nacional, que é um bom exemplar da arquitetura industrial do séc. XVIII, foi mandado construir pelo Marquês de Pombal. É uma construção de planta retangular que se estende paralela ao Tejo, numa perfeita harmonia e diálogo com o rio. Desde a sua fundação serviu a indústria de produção de instrumentos ligados ao mar: cordas, velas e outros equipamentos para a marinha e outras embarcações.

Atualmente, o edifício destina-se a exposições, mantendo, assim, o compromisso da nossa vocação marinheira em que, através da Arte, se difunde a diversidade cultural do mundo, um lugar por excelência de partilha de ideias, sensibilidades e tendência artísticas que serão memória no futuro.

Pelo Grupo de Artes Visuais

Arco-1

Picture 1 of 14